04 janeiro 2008

Origami na Revista















O Origami na propaganda pode originar um recurso visual único.

Quando a agência me procurou com um briefing sobre essa campanha, não imaginei o tamanho do desafio que estava aceitando.

No projeto inicial, no local da rosa de Origami, visualizava-se uma rosa criada por computação gráfica com indicações da cor a ser usada e dos detalhes das pétalas.

O maior desafio era reproduzir, com o papel dobrado, cada uma das pétalas da rosa com o mais alto índice de realismo possível.

Não queria uma figura chapada; meu objetivo era algo tridimensional, com movimento e leveza, como se realmente a rosa estivesse se abrindo e cada pétala fosse única, tal qual é na natureza.

Depois de muito estudo e noites em claro, aí está o resultado. Uma rosa aberta, feita com apenas um papel dobrado, sem o uso de cola nem de tesoura.

Arte que impressionou até mesmo os criadores originais, em campanha que percorreu o mundo.

2 comentários:

Cristiane Oliveira disse...

Uau, Glaucia, eu nada sei de origami. Mas de todas as rosas que já vi, essa é a mais perfeita.Parabéns.

SUSANA disse...

Menina, quanta coisa linda! Parabéns. Sou iniciante e amante da arte, estou interessada em aprender a fazer esta flor, vc tem os passos de comofazê-la? Queria mto tb aprender a fazer o cavalo marinho se tiver o diagrama poderia me passar? Que papel devo sar? Olha convido a vc a fazer parte do meu blog AMO TUDO QUE FAÇO, lá vc vai saber um pouco do que amo fazer. http://amotudoquefaco.blogspot.com
Aparece por lá, vou ficar feliz em receber sua visita.
Abraço
Susana